Cardápio da semana #20: o melhor frango com batata doce, peixe com quinoa e ratatouille e sopa de beterraba

cds-20

Quem imaginou, um dia, que um prato de frango com batata doce poderia ser delicioso, ainda que saudável? Com o método de preparo certo, dá sim! Nessa receita, usei o peito de frango que ficou marinando mais ou menos do mesmo jeito que esse lombo aqui, e por isso ficou macio e suculento, ao contrário da maioria dos peitos de frango por aí. A batata doce virou purê com casca e tudo (menos trabalho e mais fibras) e eles ainda ganharam a companhia de uma couve flor assada com páprica e castanha do Pará. Hum! Depois, tem um clássico frânces: o ratatouille, apresentado de maneira linda, para acompanhar uma pescada com quinoa e aioli, um tipo de maionese de alho. Por fim, uma leve, cremosa e rica sopa de beterraba finalizada com iogurte. Vamos conferir as receitas? Continuar lendo

Almoço de domingo #2: costelinha com molho BBQ + batata frita caseira + coleslaw

ADD 2-3

Pra comer uma costelinha de porco que desmancha só de olhar, macia, suculenta, com o melhor molho barbecue do mundo e os melhores acompanhamentos não precisa pegar horas de fila naquele restaurante maomeno. Essa receita vai garantir uma costelinha muito superior ao do restaurante “australiano”, e por muito menos dindim. Dá um tico de trabalho, não vou negar, mas mais pra fazer os acompanhamentos que a costelinha em si. Então, se você quiser simplificar a vida, pode escolher acompanhamentos mais simples. Cai bem com arroz branco e salada verde, por exemplo. Mas se você estiver disposto, faça essa batata frita caseira e esse coleslaw. Você não vai se arrepender. Prometo! E dá pra fazer bastante salada que ela dura uns bons três dias na geladeira. Aliás, quanto mais o tempo passa, melhor ela fica! A costelinha também dura um tempão (uns quatro ou cinco dias). Só a batata frita que tem que ser frita na hora. Mas quem tá podendo comer batata frita cinco dias por semana, não é mesmo? Já fiz esse prato várias vezes em casa, e para várias pessoas diferentes, e sempre é um sucesso. E, com muita alegria, compartilho todos os segredinhos com vocês! Aproveitem!

Continuar lendo

Cardápio da semana #19: escondidinho de bacalhau, quinoa com cogumelos e queijo de cabra e sopa de mandioquinha com shiitake

CDS 19

O bacalhau que consumimos no Brasil, o salgado e não o fresco, está disponível o ano todo, e em alguns períodos tem o preço bem acessível. É só olhar de vez em quando nas geladeiras do supermercado e escolher o peixe quando ele estiver mais barato! Não precisa esperar a Páscoa! Em lascas, ele é mais barato ainda e rende receitas interessantes, como esse escondidinho com purê de batata servido com brócolis alho e óleo. A quinoa, apesar de um pouco cara, é um ótimo substituto para o arroz, fácil de fazer, super nutritiva e permite combinações de sabores mil. Essa semana usei cogumelos paris e queijo de cabra. E, porque o friozinho ainda está permitindo jantares quentinhos e leves, fiz uma sopa fácil e reconfortante de mandioquinha servida com shiitake amanteigado. Hum! Vamos anotar as receitas? Continuar lendo

Cardápio da semana #18: lombo, purê de abóbora e bok choi / sopa de cenoura e curry / arroz, grão de bico, ovo e vagem

CDS 18

Aproveitando esse friozinho (que vem e volta, tudo bem, mas relevemos), decidi experimentar novas receitas de sopas. E é uma forma também de ter uma refeição mais leve de vez em quando. Estou super feliz com as receitas de sopas que estou desenvolvendo, e vou postar aos poucos, até porque eu não aguento tomar sopa a semana inteira! Essa semana, fiz uma levinha de cenoura com curry servida com iogurte, tomilho e erva-doce confitada que ficou uma delícia! Também teve um arroz com grão de bico que servi com ovo frito e uma vagem incrementadinha com raspas de limão e amêndoas, para fazer as vezes do arroz-feijão-bife-batata frita. E para fechar a semana com garfo de ouro, fiz um lombo assado super suculento servido com redução de bourbon e melado de cana, acompanhado de bok choi salteado e purê de abóbora. Para reproduzir esses pratos, é só seguir as receitas aqui! Continuar lendo

Cardápio da semana #17: jacket potato, salmão com purê de ervilha e frango com tomate e gengibre

CDS 17

Depois da semana vegetariana, senti falta de proteína animal, mas tentei ser razoavelmente equilibrada. A começar pelo frango com tomate e gengibre, feito com peito de frango e acompanhado de uma porção razoável de salada verde, cenouras assadas e um pouco de arroz com coco. No meio da semana me dei o direito de comer umas batatas recheadas, conhecidas também como jacket potatoes, porque ficam com formatinho de jaquetas, com o recheio clássico de creme azedo (sour cream), queijo, bacon (só um pouquinho) e cebolinha, servidas com salada para não pesar – só que não. Para compensar, terminamos a semana com salmão grelhado, purê de ervilhas, rabanetes assados e a mesma salada. Tudo fácil, rápido e diferente do feijão com arroz de sempre, né? Continuar lendo

Almoço de domingo #1: Mac ‘n’ Cheese

almoço de domingo 1-1

Porque nem só de cardápios equilibrados, saudáveis, práticos e rápidos vive essa cozinheira e comilona que vos fala. Nada como um dia de folga para me enfiar na cozinha com um único objetivo: só sair quando o prato que se deseja ardorosamente estiver pronto. Para aqueles que, como eu, gostam de comer bem e não abrem mão de uma boa enfiada de pé na jaca de vez em quando – ainda mais se essa jaca for caseira, caprichada e de origem controlada -, criei essa série de receitas elaboradas, que levam mais tempo para serem feitas e que compensam todo o esforço aplicado! Para começar, mac ‘n’ cheese, essa comida reconfortante tão popular nos EUA e tão menosprezada por aqui. Em São Paulo, só comi um mac ‘n’ cheese que fez meu estômago sorrir, no finado 210 Diner, que encerrou as atividades em janeiro desse ano. Ao contrário do que pode parecer, o macarrão com queijo norte-americano é fácil de fazer, mas para ficar perfeito é preciso um pouco de paciência e seguir alguns truques. Por isso, nada melhor que reservá-lo para um almoço de domingo ou para um jantar especial. Nada de fazer isso correndo num dia de semana exaustivo, ok?

Continuar lendo

Cardápio da semana #16: vegetariano, fácil e gostoso

CDS 16-1

Aqui em casa eu procuro cozinhar nas quantidades certas para não sobrar nada. Mas quando cozinho coisas com as quais não estou tão acostumada e erro no cálculo, congelo logo o que sobrou para reaproveitar em outra ocasião. Aí tem semana que eu aproveito para esvaziar o congelador, que além das proteínas da semana e da comida da Nina, armazena todas essas sobras que eu gosto de reutilizar para não desperdiçar nadica de nada, e acaba, por isso, lotando, de tempos em tempos. E é claro que eu tento fazer coincidir essa semana em épocas em que estou ocupada e não vou ter tanto tempo para cozinhar. Foi o que aconteceu na semana passada. Eu tinha: couscous marroquino, sete cereais, grão de bico e quinoa. Vejam como transformei essas sobras em comida para a semana inteira, em forma de pratos vegetarianos!

Continuar lendo