Jesuíno Brilhante: comida nordestina simples e autêntica

jesuíno brilhante 5

O pequeno sobrado no bairro de Pinheiros, em São Paulo, não chama a atenção. A não ser pelas filas que se formam em frente dele, aos sábados na hora do almoço. Com pequenas mesas e jeitão de casa, o salão comporta poucos comensais, de maneira casual, nas mesas rústicas que parecem colocadas de maneira improvisada para um almoço de família. A decoração não é descuidada, no entanto. Pequenos objetos e móveis descombinados dão charme ao restaurante que serve comida nordestina simples, autêntica e a valores justos. Continuar lendo

Cardápio da semana #23: baião de dois, robalo no falso papillote e arroz com lentilha e legumes vegano

cds-23

Depois dos excessos de fim de ano que, no meu caso, duraram alguns meses, decidi dar uma melhorada na alimentação. Percebi que estava abrindo muitas exceções, e acho melhor, pelo menos por um tempo, voltar a controlar mais o que como. Para me despedir das comidinhas mais pesadas, decidi fazer um baião de dois pela primeira vez, e fiquei muito feliz com o resultado. Servi, com ele, ovo frito, vinagrete e salada de couve. Aliás, salada de couve é uma das maiores descobertas dos últimos tempos. Acho mais gostoso que couve refogada, é mais fácil de fazer e rende muito mais. Pra compensar, fiz um robalo no falso papillote, porque ia dar mito trabalho para fazer oito porções individualmente. E depois, uma comidinha simples e vegana pra arrematar a semana.

Continuar lendo

Mocotó: caipirinhas e comida nordestina de respeito na Vila Medeiros

mocotó 12

São Paulo, domingo, onze horas, dia dos pais.

Meu pai tinha um compromisso em outra cidade e, coincidentemente, o pai do Marcelo também. Como não ligamos para datas como essa, decidimos tentar almoçar, só os dois, num dos restaurantes mais concorridos de São Paulo, o Mocotó.

O Mocotó fica fora do eixo gastronômico da cidade, mais precisamente, na Vila Medeiros, no extremo norte da cidade. O restaurante nasceu exatamente no mesmo lugar onde está até hoje, há 40 anos, comandado pelo pai do atual chef, Rodrigo Oliveira, uma dos mais inteligentes e simpáticos do Brasil, atualmente. Continuar lendo