Em busca do hambúrguer perfeito #2: Z Deli Sandwich Shop

z deli 1

Depois de quase um mês sem hambúrguer, decidi experimentar o resultado da cirurgia. Teoricamente, uma pessoa desvesiculada deveria ter mais dificuldade em digerir alimentos altamente gordurosos, mas como eu achava que meu organismo andava fazendo um bom trabalho até então, decidi voltar a uma das minhas comidas preferidas. E para tal, nada melhor que conhecer o cultuado Z Deli, que mesmo que não seja unanimidade, figura na maioria esmagadora das listas, rankings e top 10 de hamburguerias de São Paulo. E não é a toa, que fique claro. Continuar lendo

210 Diner: comida americana em São Paulo

210 diner 1

Nem só de hambúrguer e pizza vive o americano, lógico. A culinária de lá é vasta tanto quanto seu território, e embora eu não seja uma profunda conhecedora dessa cultura, como ela está sempre em evidência, é fácil se apegar a sabores típicos, mesmo que desconhecidos. Vai entender.

Nas minhas únicas duas visitas ao país, procurei experimentar o que de mais típico pudesse encontrar, ainda que o mais autêntico que pudesse chegar da comida creole, por exemplo, fosse num restaurante dentro da Universal Orlando (mesmo que esse restaurante fosse o Emeril’s, do respeitado Emeril Lagasse). E, além dos cafés da manhã colossais, tenho saudade de muitas coisas: biscuits, frango frito, sanduíches cubanos (apesar do nome, foram criados em território norte-americano), mac & cheese, bolo red velvet. Muito dessa cultura foi fagocitado por nós e hoje é intrínseca ao nosso cardápio, e, felizmente, é possível encontrar ótimos hambúrgueres e cheesecakes, por exemplo, no Brasil (nas grandes metrópoles, ao menos). Mas eu ainda sentia falta de um lugar que reproduzisse, de forma o mais fiel possível, a comida de lá. Continuar lendo

The Fifties repaginado e Em busca do hambúrguer perfeito #1

fifties 2

Dia desses tive o privilégio de almoçar com o Marcelo durante a semana e escolhemos o The Fifties do Shopping Eldorado para a ocasião. Considero o seu hambúrguer um bom custo X benefício, mas já tive problemas com atendimento e qualidade da comida em algumas unidades, algo quase inevitável em uma rede grande como essa. E como ele estava lá, na nossa frente, e ainda de roupagem totalmente nova, decidimos almoçar lá.

A nova decoração é resultado de uma mudança significativa do conceito e posicionamento da marca, e acompanha também nova identidade visual. A mudança, que começou na loja da Vila Olímpia (Rua Funchal, 345) no ano passado e deve se completar esse ano, vem num momento crucial, o momento do hambúrguer em São Paulo (e provavelmente em todo o Brasil). O clássico do fast food americano ganhou novo status no decorrer dos últimos anos, junto com a abertura de muitas e novas hamburguerias e a criação de festivais como o SP Burger Fest, que teve sua última edição (a quinta), em novembro do ano passado. E, claro, a infame gourmetização não poderia deixar de atingir esse prato tão unanimemente apreciado. Do meu ponto de vista, invencionismo na cozinha é sempre bem vindo, mas nem sempre é bem sucedido. E, por isso, aproveito a ocasião para iniciar nesse post uma série: Em busca do hambúrguer perfeito. Continuar lendo

Um carnaval preguiçoso: churrasco, hambúrguer caseiro, vídeo game, jogo de tabuleiro, filmes e séries

Nina e

Fazia tempo que eu não aproveitava um feriado prolongado tão bem. O sítio estaria vazio, cenário perfeito para exercer a preguiça, e fomos os três para lá, eu, Marcelo e Nina. Chegamos no sábado porque queríamos evitar o trânsito de sexta-feira. A Nina tem dado trabalho em viagens de carro, curtas ou longas, por isso começamos a leva-lá para o parque perto de casa de carro, ao invés de a pé, algumas vezes por semana, e ela tem evoluído. Antes da viagem, levamos ela para passear para dar uma desestressada que ajuda. Decidi cozinhar apenas coisas super fáceis e gostosas para não ter que levar muita coisa e não ter muito trabalho. Porque o intuito era descansar. Continuar lendo